Área Exclusiva do Cliente

Insira seu usuário e senha para acessar a área exclusiva

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,75 3,75
EURO 4,41 4,42

Previsão do tempo

Hoje - Brasília, DF

24ºC
14ºC
Nublado com Pancadas

Segunda-feira - Brasília, ...

26ºC
13ºC
Pancadas de Chuva

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

Notícias

“Falei sobre fatos históricos, em nenhum momento ofendi a memória de Orleir”, afirma deputado Daniel Zen

Compartilhe! Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (16), o líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen (PT), fez alguns esclarecimentos sobre seu discurso da semana passada. Ele frisou que em nenhum momento ofendeu a memória do ex-governador Orleir Cameli. “Falei de fatos históricos e algumas pessoas disseram que ofendi a honra dele. Volto a afirmar, falei de fatos e não de pessoas. A prova é tanta que nenhum dos fatos que eu mencionei nesta tribuna foi contestado, porque a oposição sabe que é verdade. Eles faliram empresas importantes como a Acredata, o Banacre e a Cila. Quebraram a previdência estadual e deixaram o funcionalismo público passando fome por cinco meses”, afirmou. O parlamentar seguiu afirmando que as mesmas pessoas que aprovaram a Reforma Trabalhista do governo Michel Temer (MDB) são as mesmas que querem governar o Acre. “As pessoas que hoje se colocam como defensores dos problemas do Estado são as mesmas que faliram as empresas que eu citei, são as mesmas que atrasaram o salário dos servidores, os mesmos que sacaram R$ 42 milhões da Fundo de Previdência. São na verdade avalistas das medidas mais cruéis do governo Michel Temer, como a Reforma Trabalhista, por exemplo, que gerou um índice de 14% de desemprego. Foram os deputados e senadores da oposição que votaram a favor dessas medidas maldosas, são eles que querem governar este Estado”, enfatizou. Daniel Zen citou ainda a aprovação da PEC 241, que limitou os gastos do Governo Federal nos próximos 20 anos. “Disseram que não iam diminuir os recursos, que iriam apenas limitar, mas não foi isso que aconteceu. Reduziram os recursos de projetos importantes como o Prouni, FIES, Pronatec e SUS. Áreas como segurança, educação e saúde foram totalmente prejudicadas. E quem votou a favor do congelamento do orçamento? A oposição. Foram eles que votaram a favor dessas medidas que estão apavorando o povo brasileiro. É esse modelo de governo que a oposição quer instalar no Acre, o mesmo que o povo acreano está desaprovando”, concluiu.
Fonte:
AL Acre
16/05/2018 (00:00)
Visitas no site:  13777
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.